Refugio Neumeyer – Caminhada na Neve e o Lago Gelado

Esse é um passeio basicamente de atividades na neve. O Refugio Neumeyer é um espaço que fica a 20km do centro de Bariloche, dentro do Parque Nacional Nahuel Huapi. Saímos da cidade em uma van tradicional, mais próximo a chegada passamos para um 4×4, que é capaz de atravessar as estradas repletas de neve. Uma experiência bem legal para quem não está acostumado, eu particularmente fiquei encantada com esse percurso da estrada.

A estrada repleta de neve!

Na base do Refugio (sem acento mesmo, pois está em espanhol) temos algumas cabanas climatizadas, onde assim que chegamos pegamos alguns bastões de neve e o pessoal explica como será o dia. O passeio consiste em uma caminhada de cerca de uma hora, morro acima, em uma trilha repleta de neve. São escalados cerca de 200m em 1,5km, então a trilha é bastante fácil. Em nosso grupo haviam crianças, idosos e outras pessoas que não eram grandes esportistas, mas não tiveram problemas em terminar o tour. O guia para diversas vezes para o grupo descansar e explicar um pouco sobre a fauna e flora do parque.

Nessa época do ano, início do inverno, a trilha estava realmente cheia de neve. E esse é o grande atrativo do passeio, poder passear pela neve e em um ambiente completamente diferente do que estamos acostumados.

Fiz o percurso repleta de roupas de neve, por conta do frio, mas como caminhamos bastante comecei a sentir calor e aos poucos fui tirando as camadas de roupa, ficava me perguntando porque tinha levado tanta roupa, bateu algum arrependimento. Mas chegando lá em cima, bate bastante vento e faz muito frio, nessa hora fiquei muito feliz de ter subido todo o morro com toda aquela roupa, foi bastante útil.

No topo são servidos um chá de Rosa Mosqueta (um frutinho típico da região da Patagônia) e alfajor caseiro (um dos melhores que comi na viagem). Temos uma bela vista para o Lago Congelado e o Cerro Challhuaco, se o tempo ajudar né? No nosso caso tivemos sorte, pois assim que chegamos lá em cima o tempo abriu um pouco e conseguimos ver bem o Cerro e tirar algumas fotos.

O tempo abriu um pouco e conseguimos tirar foto do Cerro.

A volta é a parte mais legal, é inevitável algumas quedas na neve e em alguns momentos a única forma de descer é fazendo “skibunda” mesmo, bem divertido.

Na chegada a base do Refugio, foi servido um almoço que já fazia parte do valor pago no tour e tivemos um tempo livre para aproveitar a pequena pista de “cullipatins”, ou skibunda.  Eu devo admitir que fiz o passeio pensando mais nesse momento de diversão na neve, mas foi um período muito curto… nesse caso teria sido melhor conhecer Piedras Blancas.

O almoço está longe de ser aquela delícia, é basicamente um frango com caldo e um arroz.

Quanto custa o passeio?

Esse passeio também fechei com a Natural Travel, custou 2800 pesos argentino (ou 390 reais) com o almoço, mas sem as bebidas. Eu achei um pouco caro, mas esse tour já estava com o preço da alta estação e aí não tem muito o que fazer… As bebidas por lá custam entre 40 e 100 pesos (5-14 reais), tem vinho também! E durante o trajeto um fotógrafo tira fotos de todos e você pode comprar cada uma por 100 pesos (14 reais).

Deixe uma resposta