Chapada dos Veadeiros, um guia completo

Chapada do veadeiros
Chapada do veadeiros

Está planejando conhecer a Chapada dos Veadeiros? Então aqui vai um guia completo e simples sobre esse destino que é realmente mágico.

Onde fica a Chapada dos Veadeiros?

O parque nacional foi criado em 1961, fica no nordeste de Goiás, entre os Municípios de Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante, Teresina de Goiás, Nova Roma e São João d’Aliança. Tem uma área de 240.611 hectares protegida de cerrado. Foi declarado Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO, em 2001.

Mas o parque em si é apenas um dos atrativos dessa região, a grande maioria das atrações está na área que circunda o parque nacional, mas que em sua maioria pertencem a iniciativa privada e por isso sempre precisamos pagar um valor para entrar.

Como chegar na Chapada dos Veadeiros?

As cidades mais famosas da Chapada são Alto Paraíso de Goiás, Vila de São Jorge e Cavalcante, o aeroporto mais próximo delas é o de Brasília.

De Brasília para Alto Paraíso de Goiás são 220km de uma estrada muito tranquila, muitas vezes vazia e bem gostosa de dirigir. Já Cavalcante fica um pouco mais longe, são quase 308km de Brasília.

Você pode alugar um carro em Brasília e pegar a estrada com autonomia e liberdade para usar o seu carro para visitar algumas atrações. Mas precisa ser um carro 4×4? Eu fui com um carro baixo (um ford Ka), mas não consegui chegar em alguns lugares de carro. Explico mais sobre isso quando detalhar as atrações a seguir.

Você pode também ir de ônibus para uma das cidades “sede” da Chapada e de lá descolar um jeito de ir para as atrações, carona, passeios pagos, ou até mesmo bicicleta, já que algumas atrações são mais próximas.

Onde Ficar na Chapada dos Veadeiros?

Como comentei, existem 3 cidades mais importantes que servem de base para visitar a região da Chapada dos Veadeiros:

  • Alto Paraíso de Goiás: cidade mais próxima de Brasília, 220km no total. É a maior cidade da região, com mais infraestrutura para o turismo, muitas opções de hospedagem de todos os níveis. Algumas atrações mais próximas: Cachoeira Loquinhas, Cachoeira dos Cristais, Fazenda São Bento, Cachoeira do Macaco, Cachoeira Anjos e Arcanjos, entre outras.
  • Vila de São Jorge: É um distrito de Alto Paraíso. São 35km de asfalto que separam as duas cidades. Essa é a cidade mais mística da região, um vilarejo com praticamente duas ruas de terra. Algumas pousadas e restaurantes bem aconchegantes. Atrações próximas: Cachoeira do Segredo, Vale da Lua, Parque Nacional Chapada dos Veadeiros, Mirante da Janela, entre outros.
  • Cavalcante: Distante 90km de Alto Paraíso, a cidade se alto denomina capital das cachoeiras, e realmente tem muita coisa bonita lá por perto como o Poço Encantado e a atração mais fotografada da Chapada, a Cachoeira Santa Bárbara.

São João D´Aliança é mais uma cidade da região que está despertando para o turismo agora, tem algumas cachoeiras bem legais na região, como a Cachoeira do Label, que comento mais a seguir.

mapa chapada dos veadeiros
Chapada dos Veadeiros

Você pode montar seu roteiro tendo uma cidade apenas como base ou diversificar e ficar alguns dias em cada uma para aproveitar o que tem de melhor em cada. É muito difícil dizer qual a melhor solução, dessa vez eu fiquei todos os dias em Alto Paraíso e aproveitei bastante, agora quero voltar e conhecer melhor as outras cidades.

Onde eu fiquei:

A Pousada Araras foi minha hospedagem em Alto Paraíso. Pousada bem nova, com quartos confortáveis, ar condicionado, TV, frigobar, um belo chuveiro quente e amenidades de banho. A pousada tem também uma piscina que é uma delícia e um café da manhã sensacional.

Sem falar em toda a equipe me ajudou a montar meu roteiro pela Chapada dando as melhores dicas.

A pousada fica dentro da cidade, mas um pouco longe do centro, como estava de carro isso não foi um problema. Mas fica perto de supermercados e farmácias por exemplo.

Pousada Araras

Quando ir para a Chapada dos Veadeiros?

Maio a setembro é a melhor época. É a época da seca, as águas das cachoeiras ficam mais claras, como tem chuvas as chances de tromba d´água são menores e as estradas de terra que dão acesso às cachoeiras ficam mais “amigáveis” quando secas. Eu evitaria os feriados, a região fica muito cheia e cachoeiras como a Santa Bárbara limitam a quantidade de pessoas diariamente.

Quantos dias ficar na Chapada dos Veadeiros?

Você poderia passar 30 dias aqui tranquilamente e sempre teria algo diferente para fazer… Eu fiquei 7 dias e achei um bom tempo, consegui fazer muitas coisas interessante, intercalar atividades mais cansativas com umas mais tranquilas. Mas com certeza tenho que voltar para conhecer outros lugares incríveis que não deu tempo de visitar

O que fazer na Chapada dos Veadeiros:

Por incrível que pareça nesses 7 dias que fiquei por lá não cheguei a visitar realmente o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, foquei mais nas atrações que ficam na região próxima ao parque nacional. Mais uma razão para voltar lá.

Separei para vocês informações importantes sobre tudo que fiz na Chapada nesses 7 dias, inclui também uma classificação de “nível de uau” que vai de 1 a 5, sendo 5 o lugar mais impressionante e 1 o lugar menos impressionante.

Cachoeira dos Cristais

Cachoeira dos Cristais
Cachoeira dos Cristais

Um passeio de meio dia que fiz assim que cheguei em Alto Paraíso. Uma boa forma de começar a conhecer a região.

  • Estrada: Saindo de Alto Paraíso sentido a Cavalcante são 5km, sinalização da entrada fácil de identificar.
  • Estrada de Terra:São 3km de uma estrada de terra tranquila pra fazer com o carro baixo.
  • Valor da entrada: R$20
  • Trilha: São 500m de distância no total. E uma decida de 80m em pedras. Link para a trilha no wikiloc.
  • Estrutura: a trilha é tranquila, não precisa de muita sinalização então não faz falta. Na entrada tem um restaurante com estrutura legal, serve bebida e comida, tem lugar para sentar e curti o visual.
  • Precisa de Guia: não, muito fácil acesso e sempre encontramos com pessoas pelo caminho.
  • Nível de “uau”: 2, nesse percurso de 500m passamos por um total de 7 quedas d´água, a última é a mais impressionante, a véu de noiva. Mas também fica mais cheia, então as vezes vale a pena curtir um banho nas outras que ficam vazias. O lugar não impressiona tanto pois as quedas d´água não são tão grande e imponentes.

Santa Bárbara e Capivara

Santa Bárbara é a cachoeira mais famosa e mais instagramável da Chapada dos Veadeiros. Capivara é outra cachoeira que fica na região e é muito bonita.

Cachoeira Santa Barbara
Cachoeira Santa Barbara

Ambas ficam na reserva dos Kalungas, assim que você chega lá paga a entrada para a Santa Bárbara, se não estiver com um guia deve contratar um por lá mesmo, já que é obrigatório. Depois basta subir no “pau de arara” que é organizado pelo pessoal da comunidade mesmo, andar mais 15 minutos em uma estrada de terra bem ruinzinha e começar a trilha. Antes de chegar na Santa Bárbara dá para aproveitar um pouco a Santa Barbarazinha, que é tipo uma “mini Santa Bárbara”.

Após conhecer a primeira cachoeira retornamos para o Centro de apoio ao turista para pagar a entrada para a Capivara e seguir de carro até o inicio da trilha para a segunda cachoeira.

Voltando da Cachoeira da Capivara almoçamos em uma das casas da comunidade, R$35,00 para comer a vontade em um “self service” de comida caseira e tudo produzido por ali mesmo. Melhor refeição que fiz na Chapada dos Veadeiros.

  • Estrada: De Alto Paraíso até Cavalcante, 97km de asfalto
  • Estrada de Terra: 27km de uma estrada de terra bem complicada, o carrinho baixo sofreu pra subir… o trecho de terra leva um pouco mais de 1h.
  • Valores: R$20 para a Santa Barbara e R$10 pra capivara. R$10 para o “pau de arara” que faz com que a gente corte parte do caminho.
  • Trilha: As trilhas são tranquilas aqui, para Santa Barbara existem algumas pedras pelo caminho e algumas subidas, mas nada demais, são 2,4km de caminhada para ir e o mesmo percurso para voltar. Já para a Capivara a primeira parte é bem tranquila, depois vem uma decida considerável em pedras, são 1,8km para ir e mais o mesmo trajeto para voltar.

Wikiloc trilha da Santa Bárbara

Wikiloc trilha da Capivara

  • Estrutura: A chegada é no Quilombo Kalunga, o Centro de Apoio ao Turista tem boa infraestrutura, tem até wifi lá! Adorei. Dentro dessa região dos Kalungas também existem outras cachoeiras que valem a visita, como a Candarú.
  • Precisa de Guia: Sim, obrigatório, você pode contratar na cidade ou chegando lá com um dos kalungas mesmo
  • Nível de “uau”: 5, não tem como dar menos para esse passeio. A cor dos

Fazenda São Bento

Nessa fazenda você pode visitar as cachoeiras: Almécegas I, Almécegas II e São Bento. Almécegas I é a que tem o acesso mais difícil dentre elas, mas também é a mais bonita.

Fazenda São Bento
Fazenda São Bento
  • Estrada: Saindo de Alto Paraíso são 8km de estrada, rumo a vila de São Jorge. 
  • Estrada de Terra: 4km de estrada de terra até a última cachoeira. Estrada também complicada, mas curta, então ok.
  • Valor 40 reais as 3.
  • Trilha: São 3 cachoeiras, para a Almécegas I a trilha é de1km, subida considerável em pedras, fiz em 20 minutos a subida e 13min a decida. Para a Almécegas II e São Bento são 300m cada, praticamente uma caminhada.
  • Estrutura: É uma fazenda com restaurante e diversas outras funcionalidades, mas o valor alto não condiz com a estrutura.
  • Precisa de Guia: não, muito fácil todo o trajeto e o pessoal da fazenda ajuda
  • Nível de “uau”: 3, principalmente por conta da Almécegas I, que podemos observar por um mirante no final da trilha, a cachoeira é muito grande e imponente, para banho tem uma entrada antes do mirante que leva para umas “piscinas” que reservam um banho muito gostoso. Almécegas II e São Bento eu não curti tanto para banho.

Vale da Lua

Outro ponto famoso da Chapada dos Veadeiros, essa formação geológica só pode ser vista em dois pontos no Brasil e um deles é exatamente aqui.

  • Estrada: são 30km na estrada sentido Vila de São Jorge.
  • Estrada de Terra: são 4km muito tranquilo para ir com o carro baixo.
  • Valor da entrada: 20 reais
  • Trilha: muito bem sinalizada, e muito confortável. São quase 1km sem muita inclinação.

Wikiloc para a trilha

Vale da Lua
Vale da Lua
  • Estrutura: melhor estrutura que encontrei dentre as atrações que visitei. A trilha é bem sinalizada, na entrada tem um restaurante que vende alguns snacks e bebidas. Havia guarda vidas no ponto para banho.
  • Precisa de Guia: não, dá para fazer sozinho tranquilamente.
  • Nível de “uau”: 4, eu me surpreendi com essa atração. Olhando as fotos achava o lugar bonito, mas chegando lá eu achei ainda mais bonito. Tem uma energia diferente. Andando um pouquinho entre as pedras chegamos em uma pequena cachoeira que rende um belo banho.

Cachoeira do Label

Uma atração pouco conhecida da Chapada, mas que vale muito a visita!

Cachoeira do Label
  • Estrada: são 70km de asfalto até a cidade de São João d’Aliança 
  • Estrada de Terra: são 26km de uma estrada sinalizada e boa em 90% do percurso. Na parte final tem uma parte que tem a travessia de um rio, aqui temos que ficar atentos, pois se o rio estiver cheio é impossível atravessar com carro baixo, demos sorte que o rio estava baixo e poupamos uma andada de 5km. Depois da travessia do rio a estrada muda e fica muito ruim. Nesse trecho furamos o pneu em uma pedra, por isso é recomendável ir em um carro alto. É possível ir de carro baixo, tanto que fomos, mas deu trabalho. Veja o percurso de carro.
  • Valor da entrada: 20 reais
  • Trilha: é uma trilha muito legal de fazer. Nível moderado em Boa parte e difícil na parte final, o guia é altamente recomendado porque em alguns pontos perdemos o caminho da trilha nas pedras, não que a pessoa vá se perder, mas pode fazer o caminho mais difícil. Se você entende trilha e fica mais confortável pode ir sozinho. A trilha tem pontos complicados com escalada em pedras, mas até por isso é mais interessante. A trilha tem 2,2km e levamos uns 40 minutos para completar.

Wikiloc da trilha

  • Estrutura: Bem precária, basicamente é uma casinha simples que cobra a entrada, servem almoço a 35 reais. O caminho da estrada de terra tem uma sinalização boa. Na trilha falta sinalização em alguns pontos.
  • Precisa de Guia: Não precisa, mas é muito recomendado, se vc manja muito de trilha pode ir… mas a estrada é ruim e a trilha as vezes não fica muito clara.
  • Nível de “uau”: 5. É cachoeira mais alta de Goiás com 187m. Impressiona, e por ser um lugar pouco conhecido, estávamos lá sozinhos.

Cachoeira do Segredo 

  • Estrada: São 57 de estrada, no sentido da Vila de São Jorge. Você precisa passar na vila São Jorge para comprar o ingresso.
  • Estrada de Terra: Essa é bem complicada! Se você for de carro baixo precisa parar um pouco antes e pegar uma trilha mais complicada, indo de 4×4 e com o guia você consegue atravessar alguns rios e ir um pouco mais longe de carro pegando uma trilha mais tranquila.
  • Valor: R$ 35
  • Trilha: São 4km, trilha não é difícil e é muito bonita, vai margeando um rio de águas muito claras, uma beleza! Você atravessa o rio umas 7x por pedras, mas é fácil, pelo caminho existem alguns poços para se banhar! Recomendo!

Wikiloc da trilha

  • Estrutura: Nada demais, existe uma sinalização na trilha, mas nada demais… não tem onde comprar bebidas ou comida por aqui.
  • Nível de “uau”: 4 – A cachoeira linda, uma queda d´água de 110m, mas a água é bem gelada, eu achei o banho nos poços ao longo do caminho melhores. Fomos num dia que estava meio cheio também, atrapalhando até as fotos.

Mirante da Janela e Cachoeira do Abismo

Mirante da Janela
Mirante da Janela

Mais um point famoso para fotos na Chapada.

  • Estrada: são 37km de Alto Paraíso, fica basicamente dentro da Vila São Jorge.
  • Estrada de Terra: estrada tranquila e curta, uns 3km, possível fazer de carro baixo.
  • Valor: 15 reais pra entrar.
  • Trilha: o desafio é chegar no mirante da janela, são 3,8km até lá, curta porém tem um declive considerável para chegar até o mirante, na ida é uma decida e na volta subida em pedras (240m no total). Mas ainda bem que no meio tem a cachoeira do abismo que é uma ótima forma de relaxar da trilha.

Wikiloc da trilha

  • Estrutura: Praticamente nenhuma, mas a trilha é muito bem demarcada.
  • Precisa de Guia: não é preciso. Mas eu fui para o mirante ver o pôr do sol, voltando apenas a noite. Esse tour noturno com pôr do sol é só com Guia, e  recomendo fazer isso, pois vale a pena.
  • Nível de “uau”: 5! O mirante da janela em si eu achei decepcionante, mas o passeio incluiu um mirante para o pôr do sol e isso sim valeu o passeio, ainda teve o retorno pela trilha sob o céu estrelado e o banho de cachoeira noturno! Uma delícia!!

Tem alguma dúvida ainda?

Me chama no instagram ou manda um email!

Mais sobre a Chapada dos Veadeiros

Autor: Ana Ligia Correa

Viajando pelo mundo colecionando histórias para contar para os meus netos.

6 pensamentos

  1. Você foi precisa nas descrições e avaliações. Estive lá com um grupo e ficamos parte do tempo na Vila de São Jorge e sempre aproveitei o amanhecer e o anoitecer para tirar belas fotos.

  2. A Chapada dos Veadeiros foi um dos lugares que mais me deixou deslumbrada. É tanta beleza que é difícil descrever, mas acho que seu post super deu conta do recado. Deu foi vontade de voltar! 🙂

  3. Fico maravilhada com estas paisagens e cachoeiras da Chapada dos Veadeiros! Meu sonho visitar a Cachoeira de Santa Bárbara ! Parabéns pelo post completíssimo, com certeza indicarei aos meus amigos aventureiros!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.