Quanto custa viajar pela Bolívia


Igreja de São Francisco

Viajar pela Bolívia é barato. Depois de tomar aquele soco no estômago, ou no bolso, no Chile nada melhor do poder aliviar o bolso na Bolívia.

A passagem pela Bolívia foi rápida, foram apenas 15 intensos e maravilhosos dias nesse país de contrastes. A Bolívia é realmente um dos destinos mais baratos na América do Sul, mas também é onde os relatos de infecções alimentares e problemas de higiene na estadia são mais frequentes.

Cruzando a Argentina e o Chile cruzei com diversas pessoas que haviam passado pela Bolívia e os relatos eram sempre os mesmos, muitos haviam tido algum grau de infecção alimentar, alguns mais graves outros apenas uma dor de barriga leve, mas ninguém passava imune pela Bolívia. Houveram até relatos de uma infestação de pulgas em um hostel em Potosí, pois devo dizer que esses relatos me deixaram mais alerta e por isso me permiti gastar um pouco mais para ter um pouco mais de conforto e garantir a procedência da minha comida. Por isso, a Bolívia não foi o meu destino mais barato, ficou em segundo lugar.

Quanto gastei viajando pela Bolívia

Nesses 15 dias na Bolívia eu gastei 2700 reais, cerca de 180 reais por dia, que ficaram distribuídos mais ou menos assim.

Acomodação 37%
Passeios 21%
Comida 20%
Transporte 8%
Celular 7%

Em uma pesquisa rápida já dá pra ver que o preço das hospedagens na Bolívia é barato, mas o relato da francesa sobre uma infestação de pulgas em um hostel em Potosí (e aqui peco por não lembrar o nome do lugar) me fez ficar com bem alerta, por isso acabei gastando mais em hospedagem por aqui, pra garantir que sempre ficaria em um lugar legal, na maioria das vezes pequenos hotéis com quarto e banheiro privado, mas com um custo diário de aproximadamente R$66, um valor até bom pro padrão de hospedagem.

Na Bolívia também dá pra fazer muita coisa por conta própria e economizar nos passeios, mas confesso que chegando em La Paz aproveitei ao máximo e fiz muitas atividades pagas por lá. Os gastos com comida seguem um critério parecido com a acomodação, gastei em média R$36 por dia com alimentação, mas ainda assim, teve um dia que passei mal (e foi um dos piores dias da viagem).

Vale destacar o custo alto com celular aqui, mais de R$12 por dia, isso principalmente porque na Bolívia as redes wifi são bem ruins, eu ficava dependendo basicamente da rede 3G do celular, que em algumas cidades nem funcionava tão bem.

Garanta os melhores preços na passagem para a Bolívia

Potosí

Foi minha primeira parada na Bolívia, fiquei em um pequeno hotel bem próximo a Plaza de Armas, custou R$60 por dia. Conheci a cidade toda a pé, não fiz o famoso tour para as minas por questões ideológicas, explico mais aqui. O passeio mais legal que fiz por lá foi a visita ao Museo de La Moneda, que é uma antiga casa da moeda de Potosí, que cunhava moedas de prata para a Espanha. Nesse museu comprei o souvenir mais caro de toda a viagem, uma moeda de prata cunhada por mim mesmo. O link abaixo comprova o fato, essa lembrancinha me custou a bagatela de R$60, mas é minha moeda da sorte!

Veja os destaques de Potosí no instagram[ALNC1] 

Hospedagem em Potosí

Mais sobre Potosí

Sucre

Sucre é a capital constitucional da Bolívia e as principais atrações aqui para mim foram entender a política da Bolívia e seu processo de independência que tem Sucre como centro das manifestações. O free walking tour ajudou bastante a entender essa história, e você só precisa pagar uma gorjeta pro guia.

Veja os destaques de Sucre no Instagram

Hospedagem em Sucre

Santa Cruz de La Sierra

A viagem de ônibus de Sucre para Santa Cruz de La Sierra foi uma das piores da minha vida, comprei o ônibus leito, R$68 na passagem. Realmente a poltrona era leito, mas o ônibus estava caindo aos pedaços, remendado com durepox e cola quente… foram 12h de aventura que eu espero contar em um vídeo em breve. Muitos brasileiros vivem por aqui, e da para perceber isso pela culinária. Consegui matar a saudade da comida brasileira, com restaurantes que serviam churrasco, feijão com arroz e até mesmo feijoada. Talvez por isso tenha gastado bem em alimentação aqui, minha refeição mais barata saiu por R$32 reais.

Reserve sua hospedagem em Santa Cruz

La Paz

A parada mais cheia de aventuras na Bolívia, fiz diversos passeios e foi o que aumentou meu gasto diário nesse quesito, mas não teria deixado de fazer nenhum deles. Visitei a igreja de São Francisco e seu museu, andei de teleférico. Conheci as ruinas de Tiwanaku, o Vale de La Luna, o passeio de bicicleta pela estrada da Morte e subi na gigante montanha de Chacaltaya, para fazer todos esses passeios gastei cerca de R$520 reais, entre os valores da agência e entradas que precisei pagar.

Veja os destaques de La Paz no Instagram

Hospedagem em La Paz

Copacabana

A principal atração aqui mesmo é a visita até a Isla del Sol, berço da civilização Inca e o Lago Titicaca, o lago navegável mais alto do mundo. O tour de um dia para a Isla del sol é vendido por toda a cidade com preço tabelado, paguei cerca de R$28 nesse passeio.

Veja os destaques de Copacabana no Instagram

Hospedagem em Copacabana


A Gol tem vôos diretos para Santa Cruz de La Sierra por preços muito bons, clique aqui para garantir a sua passagem com os melhores preços


Mais sobre a Bolívia


Autor: Ana Ligia Correa

Viajando pelo mundo colecionando histórias para contar para os meus netos.

7 pensamentos

  1. Realmente, eu tive uma diarreia doida um dia antes de embarcar para o Salar de Uyuni..rsrs… e durou 3 dias.. mas foi só isso. No mais, tbm acho a Bolívia Incrível e volto fácil fácil pra fazer outros passeios por lá.

    1. Simm!! ninguem passa imune pela Bolívia.. hahaha. Tava agora mesmo lendo o conteúdo de vocês sobre a Chapada dos Veadeiros, é um dos meus próximos destinos… 😉

  2. Gosto de viajar e experimentar a culinária local mas já tinha ouvido que na Bolívia devemos tomar cuidado com a alimentação. Valeu pelas dicas !

  3. Nossa o preço compensa bastante para 15 dias de viagem!! Quando você diz que gastou com celular, comprou um chip especifico para lá ou usou o do Brasil mesmo?

  4. Ana Ligia, duas amigas minhas fizeram um mochilão pela Bolívia e ambas voltaram passando muito mal com intoxicação alimentar. Sou super sensível, quero muito conhecer a Bolívia, mas e o medo? kkkkkkkkkk

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.